BLOG

Como escolher sua câmera fotográfica

27 de Maio de 2016

Oi pessoal!

Escolhi, pra começar esse blog de dicas fotográficas, um assunto que gera a primeira dúvida em grande parte dos iniciantes na fotografia. Há uma pergunta que recebo quase semanalmente:

“Que modelo de câmera devo comprar?”

Então vamos lá, vou tentar ajudá-los. A primeira coisa que você precisa pensar é o seguinte: que tipo de envolvimento com a fotografia você deseja? Uso profissional? Um hobby que pode ficar mais sério? Ou apenas registrar imagens, sem maiores preocupações? Responder essa questão é a parte mais importante, porque cada categoria de câmera que eu mostrarei aqui possui vantagens e desvantagens. Câmeras profissionais sem dúvidas fazem as melhores fotos, mas são mais caras, pesadas e geralmente necessitam vários acessórios, tais como lentes, filtros, tripé e requerem dedicação à fotografia. Ou seja, domínio da técnica. Câmeras intermediárias ou compactas, muitas vezes, podem fazer belas imagens, com as vantagens de serem menores, mais leves, fáceis de manusear, dispondo de muitos recursos sem necessidade de compra de acessórios.

Compactas

Vamos começar por elas, também chamadas de point and shoot. Há um número quase infinito de modelos de câmeras desse tipo. São pequenas, leves, práticas, automáticas. Mas eu não recomendaria a esmagadora maioria, porque são câmeras com lentes e sensores de baixa qualidade. Porém há alguns modelos que surpreendem pela alta qualidade, como as Canon PowerShot modelos G1 X Mark II, G7 X Mark II e G16. Ambas possuem um corpo semelhante, oferecem a importante funcionalidade de fotografar em arquivo RAW e têm grande qualidade de objetiva e sensor. A G1 X destaca pelo tamanho do sensor, muito semelhante ao APS-C, que é o mesmo da maioria das câmeras DSLR, aquelas que trocamos as lentes, ditas profissionais. Isso faz com que a G1X seja mais imune a ruídos, apresentando imagens de mais alta qualidade. Já a G7 X é um modelo mais novo, possui uma resolução maior, de 20 Mpixels, Wi-Fi e um LCD articulado. Das três, a G16 é a mais econômica. Não deixa de ser uma ótima câmera, mas perde para as outras duas concorrentes por várias especificações, como sensor, resolução e processador de imagens.

Canon PowerShot G1X Mark II - 12.8MP, RAW, Zoom 5x, lente f/2–3.9, LCD articulado

Canon PowerShot G1X Mark II – 12.8MP, RAW, Zoom 5x, lente f/2–3.9, LCD articulado

Canon G7X Mark II - 20 Mpixels, RAW, wifi, LCD articulado

Canon G7X Mark II – 20 Mpixels, RAW, wifi, LCD articulado

Mirrorless

Também podem ser consideradas câmeras compactas (ou quase compactas), mas preferi falar delas de forma particular, pois estas câmeras sem espelho estão realmente revolucionando o mercado fotográfico atual. Há muito pouco tempo atrás, ninguém imaginaria que estas câmeras fossem roubar a cena e desbancar a hegemonia das câmeras DSLR no segmento da fotografia profissional. Mas o que se tem visto são constantes lançamentos deste tipo de câmera, cada vez com recursos mais impressionantes. Algumas destas pequenas notáveis já possuem sensores full frame (os mesmos das melhores câmeras profissionais do mercado), altíssimas resoluções, excelente durabilidade e características construtivas, alta velocidade e compatibilidade com objetivas das câmeras profissionais (através de adaptadores).

Agora vamos a algumas sugestões: A Sony tem lançado tantos modelos de câmeras mirrorless que é difícil sugerir. Vale a pena comparar as opções, de acordo com seus objetivos e $$$ disponível. Algumas têm preço bem salgado, como a Sony Alpha a7R II, mas ela é simplesmente uma super máquina com 42MP, sensor full frame, estabilizador de imagem embutido, filmagem em 4k, sistema de focagem de última geração e ISO chegando a 102.400! E ainda aceita toda a linha de lentes profissionais Canon ou Nikon. A coisa está ficando tão séria que muita gente antiga no mercado está migrando para este tipo de câmera, que é menor, mais leve e com recursos tecnológicos por vezes superiores.

Além da Sony, fabricantes como Fujifilm, Panasonic e Leica também estão um passo a frente nesta disputa. Na minha visão, os gigantes japoneses Canon e Nikon precisam correr atrás deste prejuízo, pois estes fabricantes até o momento não tem lançado câmeras mirrorless competitivas.

Sony A7R II - Mirrorless, sensor full frame

Sony A7R II – Mirrorless, sensor full frame

Bem, estas seriam minhas sugestões, caso você não queira carregar consigo todo o peso, volume e acessórios que uma câmera DSLR demanda, mas mesmo assim deseja tirar belas fotos. Eu mesmo, em breve pretendo comprar uma mirrorless, porque às vezes é inviável ou pouco seguro perambular com meus cerca de 12 kg de equipamentos nas costas! Imagine você fazendo uma trilha pesada de mountain bike, no meio da lama, ou caminhando à noite nas ruas de uma grande e violenta cidade. Quanto mais volume, mais atenção você atrai. E mais lento fica no caso de uma fuga estratégica 😛 !

Câmeras Amadoras Avançadas

Não sei se seria o nome mais adequado, mas chamo assim aquelas câmeras que não são compactas, mas também não possuem possibilidade de trocas de lentes. São câmeras que possuem tamanho e peso intermediários e apresentam grande faixa de zoom ótico. Um modelo interessante e de bom preço seria a Canon Powershot SX 60HS. Ela possui incríveis 65x de zoom, mas tem um sensor menor que as câmeras citadas anteriormente. E tamanho de sensor significa muito, em matéria de qualidade de imagem. Bem, para as pessoas que desejam um extenso zoom, pagando um preço mais baixo, esta pode ser uma boa opção.

Além desta, recomendo também uma pesquisada nos seguintes modelos: Sony Cyber-shot DSC-RX10 III e a Nikon Coolpix P900. A Sony tem um preço pra lá de salgado, mas é uma senhora câmera. A Nikon é mais limitada, mas possui um super zoom de 83x!

Canon SX60 HS – 65x Zoom, 16 MP, RAW, full HD

Nikon P900 - 16MP, 83x Zoom, JPG, Full HDSony RX-10 III - 20MP, 25x Zoom, RAW, 4k videoDSLR’s

São as Digital Single Lens Reflex, ou seja, as câmeras que trocamos lentes, que os fotógrafos profissionais ou amadores normalmente utilizam. Aqui também há um número muito grande de câmeras. Eu aconselharia a compra de uma Nikon ou Canon, já que são fabricantes mais renomados no mercado, coisa que facilita e muito na compra/venda de acessórios novos e usados, assistência técnica, releases de equipamentos e demais informações online.

Basicamente, estas câmeras são divididas entre câmeras de sensor cropado (APS-C ou DX) e sensor full frame. Isso se refere ao tamanho do sensor, onde o full frame é sem dúvidas, um sensor de mais qualidade, melhor profundidade de campo e imunidade a ruídos. Porém são muito mais caros. Se você pretende levar a fotografia a sério, quer estudar, fazer cursos, comprar livros, fazer fotos realmente elaboradas e talvez até ser um profissional, é aqui que você se enquadra. Para isso, prepare seu bolso, porque vamos começar a falar de alguns bons mil reais. Na fotografia de ponta, nada é barato. Infelizmente é a verdade. Na grande maioria dos casos, o que fazemos, nós profissionais, é tentar adquirir o melhor equipamento possível diante de nossa capacidade e “coragem” financeira. Não conheço sequer um fotógrafo que está 100% satisfeito com o equipamento que possui. A gente sempre gostaria de ter aquela lente tal, aqueles filtros que vimos na net, ou o tripé super leve e resistente… Enfim, o céu é o limite. Mas penso que bem mais importante que o equipamento que possuímos, é o dono do dedo que pressiona o disparador. O talento, que muitos chamam de sensibilidade, aliado ao domínio das técnicas, é o ponto chave, o fator que separará os amadores dos realmente fotógrafos.

Começo por uma sugestão de câmera DSLR de baixo custo e boa qualidade. A Canon EOS Rebel T6i possui sensor APS-C, 24MP, LCD articulado, ISO 100-25.600, além de ter um corpo pequeno e leve. Para quem inicia, sem dúvidas é uma boa pedida.

Canon EOS T6i – APS-C, 24MP, LCD articulado, ISO 25.600, 5 ft. p/ seg.

Canon EOS T6i – APS-C, 24MP, LCD articulado, ISO 25.600, 5 ft. p/ seg.

Como opções de lentes, Canon EF-S 18-135mm ou 18-200mm podem lhe atender muito bem no início, pois são lentes versáteis e não muito caras. Há também outros modelos com sensor cropado que são bem mais encorpados, sendo assim mais robustos e duradouros. São mais caros, porém aguentam mais o “tranco”. Por exemplo, o modelo 7D Mark II (que trouxe sérias melhorias em sistema de focagem e velocidade em relação ao modelo anterior) da Canon ou D7100, D7200 e D500 da Nikon. Estas são câmeras muito indicadas para quem fotografa vida selvagem ou esportes, por exemplo, pois o fator de multiplicação da distância focal, devido tamanho do sensor, traz um maior efeito de zoom nas imagens. Além disso, são câmeras muito rápidas, permitindo ótimo sistema de focagem e captura de cenas de ação e grande velocidade.

Canon 7D Mark II - 20MP, APS-C, 65 pontos de foco, 10 fps, Full HD

NikonD500 - Sensor DX, 21MP, 153+99 pontos de foco, 10 fps, 4k video.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

E pra finalizar, as vedetes do mercado, as câmeras full frame. Existem também muitos modelos, mas para a fotografia outdoor, minhas dicas são: Nikon D810, com 36 MPixels, Nikon D610 (opção mais em conta do fabricante), Canon 5D Mark III, ou, num ótimo custo benefício, a Canon 6D.

Canon EOS 6D–20MP, FF, ISO 50-102.400, 4,5 fotos por segundo.

Canon EOS 6D–20MP, FF, ISO 50-102.400, 4,5 fotos por segundo.

Quem quiser, e puder, gastar mais grana, ainda há modelos mais avançados, como a Canon 5DS R, com seus 50 Mpixels ou as top top Canon 1D-X Mark II ou Nikon D5. Mas sinceramente, para mim estes modelos são um exagero. Prefiro investir em objetivas, do que quase o valor de um carro nestas câmeras.

Canon 1DX Mark II - 20MP, full frame, 14 fps, ISO 409.600, 4k video

Canon 1DX Mark II – 20MP, full frame, 14 fps, ISO 409.600, 4k video

Essas são as câmeras que eu recomendaria para alguém que tenha dinheiro e disposição pra investir e queira encarar a fotografia como algo realmente profissional, objetivando robustez e grandes ampliações das fotos.

Bem, é isso pessoal. Em breve publicarei um post sobre lentes para fotografia outdoor. Um abraço, até logo!

Comentários

Categorias: Blog, Equipamento fotográfico
Tags: , ,

busca

arquivos

newsletter

instagram