SERRA DO ESPINHAÇO – 2017 (VAGAS ESGOTADAS)

Quando
De 02 a 09 de julho de 2017
Quanto
a partir de R$2.850,00
Classificação
  • PÚBLICO ALVO: Interessados em fotografia de natureza, paisagens, noturnas e de viagens.
  • INTENSIDADE: Fácil
  • NÚMERO DE PARTICIPANTES: De seis a dez pessoas.
ficha de inscrição

Descrição

O Destino

A Serra do Espinhaço é considerada a única Cordilheira do Brasil. Estendendo-se da Serra de Ouro Branco, em Minas Gerais, até a Chapada Diamantina, na Bahia, alonga-se na orientação Sul-Norte por cerca de mil quilômetros, tal como uma espinha dorsal do Brasil Central. Há mais de um bilhão de anos em constante movimento, é uma cadeia de montanhas estreita, entrecortada por picos e vales. Sua altitude é bastante variável. A alternância de 1.000 e 1.500 metros, chegando até 2.052 metros, no Pico do Itambé, permite uma enorme diversidade climática e pluviométrica. O resultado de tantas composições é a rara e harmoniosa convivência entre os três ecossistemas brasileiros. Em alguns pontos da Cordilheira, Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga se interagem, dando ao Espinhaço uma característica ímpar. Bioma de transição, a serra é uma das regiões mais ricas em espécies endêmicas do mundo. Ou seja, abriga exemplares da fauna e flora que só existem naquelas condições e naquele lugar no mundo.

Nesta Expedição fotográfica, iremos explorar alguns dos mais cênicos locais na porção Mineira da cordilheira. Conheceremos também municípios e vilas históricas, que remontam da época das corridas do Ouro e Diamantes. Embarque conosco nesta incrível viagem e apaixone-se também pela Cordilheira do Brasil.

Fotógrafo Tom Alves

O fotógrafo mineiro possui um vasto e conceituado trabalho na área de fotografia de viagens e paisagens, tendo percorrido nos últimos anos praticamente todo o Brasil, além de diversos países nas Américas Central, Sul, Ásia e Oceania.

É exatamente esta bagagem de lugares, culturas e experiências fotográficas ou não, que Tom Alves pretende compartilhar com os participantes da expedição.

No currículo, possui participações em diversos livros, jornais, exposições fotográficas, guias de turismo e dezenas de publicações em revistas, tais como National Geographic Brasil, Horizonte Geográfico, Azul, Avianca, Gol Linhas Aéreas e Copa Air Lines.

Seu trabalho pode ser acessado em www.tomalves.com.br e também em sua página de Facebook.

Locações

  • Parque Nacional da Serra do cipó.
  • Cânion do Funil.
  • As vilas Milho Verde e Capivari
  • Parque Estadual do Biribiri.
  • Serro, Diamantina e arredores.
  • Estrada Real – Caminho dos Diamantes

Dia a dia

Dia 1: BELO HORIZONTE / SERRA DO CIPÓ (02-7, domingo)

Transfer em veículo privativo para a Serra do Cipó (100km/2h), saindo de Belo Horizonte às 12h e parada também no aeroporto de confins, às 13h. Check-in na pousada e às 16h saída uma locação próxima, onde fotografaremos o fim da tarde, até as últimas luzes do dia. À noite, jantar de boas-vindas. Após o jantar, briefing sobre toda a programação da expedição. Pernoite: Serra do Cipó.

Refeição inclusa: Jantar de boas-vindas.

Dia 2: SERRA DO CIPÓ (03-7, segunda-feira)

Saída antes do nascer do sol para fotos da alvorada na Serra do Cipó. A seguir, retorno para a pousada e café-da manhã. Na sequência, iremos para a região da Serra Morena, que abriga várias quedas d’águas e trilhas de fácil acesso. Praticaremos técnicas de longa exposição para fotografia de cachoeira, onde analisaremos aspectos práticos sobre a influência da variação do tempo de obturador e tamanho da abertura de diafragma, a importância do uso de tripé para a estabilidade e nitidez das imagens, bloqueio de espelho e resultados do uso de um filtro polarizador circular. Pela tarde, visitaremos o complexo da Cachoeira Grande, onde permaneceremos lá até o pôr do sol, fotografando o local.

Pernoite: Serra do Cipó.

Refeições inclusas: café da manhã e lanche.

Dia 3: SERRA DO CIPÓ (04-7, terça-feira)

Novamente, fotos da alvorada, e após café da manhã, visitaremos o sítio arqueológico Lapa da sucupira, que conta com dezenas de pinturas rupestres num enorme paredão de rocha calcárea.  Pela tarde, visitaremos o Rio Cipó, onde fotografaremos até o fim do dia. Pelo percurso abordaremos vários conceitos, como interpretação de luz natural e sombras (luz dura/suave, contrastes, volume, temperatura da luz), estética e composição fotográfica, tipos de fotometria, profundidade de campo, dicas práticas sobre determinação de valores de diafragma para fotografia de paisagens. Pernoite: Serra do Cipó

Refeições inclusas: café da manhã e lanche.

Dia 4: ESTRADA REAL – CAMINHO DOS DIAMANTES (05-7, quarta-feira)

Saída após café da manhã em direção a Diamantina, pela Estrada Real. No caminho faremos uma visita ao Cânion do Funil, um local de absoluta beleza cênica e ainda pouco conhecido na Serra do Espinhaço.  Chegando em Diamantina, fotografaremos a cidade pelo mirante da Trilha dos Escravos, na parte mais alta da cidade. Pernoite: Diamantina

Refeições inclusas: café da manhã e lanche de trilha.

Dia 5: DIAMANTINA (06-7, quinta-feira)

Fotografaremos a alvorada no centro histórico na cidade de Diamantina, que abriga um dos principais casarios coloniais do barroco brasileiro. O restante da manhã será livre, para que os participantes possam passear pela bela cidade. No período da tarde, iremos até a Gruta do Salitre, no distrito de Curralinho. Faremos uma visita pela singular unidade de conservação e no início da noite, teremos uma prática de fotografia noturna, na entrada da Gruta.

Pernoite: Diamantina

Refeições inclusas: café da manhã e lanche. 

Dia 6: BIRIBIRI E SERRO (07-7, sexta-feira)

Fotografaremos novamente o amanhecer em Diamantina, a partir de outras locações. Após café da manhã, iremos para o Parque Estadual do Biribiri, onde percorreremos atrativos naturais, como rios, cachoeiras, estradas de terra e dedicaremos especial atenção à Vila Biribiri, que representa um belo e  importante registro da história da indústria têxtil mineira. No meio da tarde, nos deslocaremos para a cidade do Serro, onde fotografaremos o por do sol na cidade histórica. Pernoite: Serro.

Refeições inclusas: café da manhã.

Dia 7: CAPIVARI E MILHO VERDE (08-7, sábado)

Fotografaremos o nascer do sol no centro histórico e após café da manhã iremos para a Vila de Capivari, um distrito do Serro. À tarde, percorreremos uma trilha leve até a Cachoeira do Tempo Perdido. Na volta, parada para conhecer Dona Anita, uma emblemática personagem da região. Anita vive no meio da serra, numa pequenita casa de pau a pique. A senhora de notável simpatia e um magnetismo muito especial, encanta a todos os viajantes que por lá passam. A seguir, iremos conhecer a charmosa Vila de Milho Verde, onde praticaremos mais um pouco de fotografia noturna, de frente para a Capela do Rosário, cartão postal do Vilarejo. A seguir, voltaremos para nossa pousada no Serro e mais tarde, jantar de despedidas, para confraternização da turma. Pernoite: Serro.

Refeições inclusas: café da manhã e lanche.

Dia 8: SERRO-BH (09-7, domingo)

Após café da manhã, retornaremos ao aeroporto de confins/Belo Horizonte, para fim da Expedição Fotográfica.  OBS: Participantes, comprarem passagens aéreas para a partir de 16h.

Refeições inclusas: café da manhã.

O que está incluso

  • Acompanhamento fotográfico durante a expedição por Tom Alves e monitoria de Nataja Vidal.
  • Guias especializados.
  • Transporte privado compartilhado entre todos os participantes.
  • Taxas de visitação em todos os atrativos.
  • Acomodação dupla em pousadas.
  • Refeições mencionadas na programação acima

Hospedagem:

Não incluso no roteiro:

  • Equipamento fotográfico.
  • Equipamento pessoal.
  • Seguro Viagem.
  • Hotéis e refeições após o término do roteiro.

Valores e informações adicionais

Valores por pessoa (em acomodação dupla) e Forma de Pagamento

 R$: 2.850,00

  • Desconto de 5% para pagamentos a vista (transferência bancária ou cheque).
  • Desconto de 5% para aqueles que já tenham participado de outras expedições com Tom Alves*

Parcelamento em até 6 vezes via cartão de crédito** ou boleto bancário, desde que a última parcela seja quitada até a data do início da expedição.

  •  Adicional para acomodação em quarto individual: R$: 700,00.
  •  Caso o grupo seja fechado e não haja um participante para dividir o quarto duplo, deverá ser pago um suplemento obrigatório no valor de R$ 500,00

* Descontos não cumulativos.

* * Acréscimo de 5% para pagamento em cartão de crédito.

A respeito da experiência fotográfica:

  • A experiência fotográfica não é pré-requisito, porém, para um melhor aproveitamento por parte do integrante, é desejável que se conheça fundamentos básicos de fotografia, como funções e controle de obturador, diafragma, ISO e fotometria. Em caso negativo, o participante estará ciente de que a expedição, em virtude de não contar com tempo hábil e estrutura para treinamentos básicos teóricos, não almeja ser um curso formal de fotografia. De mesmo modo, não há equipamento mínimo exigido. Na seção “O que Levar” listamos os itens que consideramos aconselháveis.
  • OBS: não há necessidade de preparo físico especial, pois as locações fotográficas desta expedição são bastante acessíveis.

Assuntos Abordados

  • Tipos de fotografia: paisagem, fauna, noturnas, pessoas, macro, arquitetura.
  • Conceitos de fotografia: tipos de focagem, métodos de medição de luz, equilíbrio de brancos, uso de tempo de exposição, profundidade de campo, manipulação da variável ISO etc.
  • Equipamento e acessórios utilizados em fotografia outdoor: tipos de objetivas, tele conversores, tubos extensores, filtros polarizadores e de densidade neutra, tripés, disparadores.
  • Iluminação em fotografia outdoor: luz natural, diurna e noturna (com lua e sem lua), uso de flash acoplado e wireless.
  • Estética: princípios gerais de composição. Grafismos, texturas, geometria, pontos de fuga etc.
  • Processamento básico em Lightroom.

Alterações:

Os roteiros podem sofrer alterações devido a condições climáticas e podem ser adaptados às necessidades de nossos clientes.

Inscrições

Se darão através de preenchimento do contrato de serviços, disponível online AQUI. Este deverá ser preenchido e submetido. A reserva será confirmada após recebimento do contrato e comprovante de pagamento do pacote ou primeira parcela.

Política de Cancelamentos:

A desistência voluntária por parte do cliente antes da viagem deverá ser formalizada por escrito e enviado à catrumanos@gmail.com. A devolução de valores seguirá política de acordo com a deliberação normativa n. 161 de 09 de agosto de 1985 da EMBRATUR.

Até 30 dias do início da viagem: 90% do valor total do pacote; Entre 29 e 21 dias do início da viagem: 80% do valor total; Entre 20 e 7 dias do início da viagem: 50% do valor total; A menos de 7 dias do início da viagem: Sem devolução

O não comparecimento na data, hora e local de apresentação determinados para o embarque será considerado no-show, implicando na perda total do valor pago. O passageiro que, por livre e espontânea vontade, se desligar do grupo durante a viagem ou trocar a hospedagem contratada, assumirá toda e qualquer despesa decorrente dessa atitude, sem o direito a reembolso.

Considerações Finais

A experiência fotográfica será transmitida essencialmente através de saídas ao ar livre, onde entre caminhadas para as locações ou nas mesmas, propriamente ditas, os ensinamentos transcorrerão, de maneira direta e prática. Tom Alves acredita que fotografia de viagens é melhor assimilada fora da convencional sala de aula. Portanto, prática e teoria serão abordadas ao ar livre.

 

O que levar

  • Câmera DSLR e lentes de grande angular a teleobjetivas.
  • Tripé.
  • Cartões de memória.
  • Disparador remoto.
  • Filtro polarizador circular.
  • Lanterna de cabeça com led vermelho e pilhas.
  • Roupas leves para o dia e agasalhos para a noite.
  • Calçados confortáveis.
  • Protetor solar.
  • Boné ou chapéu.
  • Mochila pequena.

Galeria

Dúvidas?

Comentários

Voltar ao topo