O Fotógrafo

O Início

Sua arte nasce de referências sertanejas a partir da infância: viagens em família pelo cerrado mineiro, sertão da bacia do Rio São Francisco. Época em que a fotografia ainda não pertencia ao seu mundo. Porém, aquele universo imagético e sensorial já espalhava as primeiras sementes, que germinariam muitos anos depois em forma de estética criativa. Fotografar se tornou busca transcendente pela qualidade plástica, contemplação consciente do ver e investigação dos espaços. Outros elementos, adicionados, complementam sua identidade, como viajar por outros “mundos” e praticar esportes ao ar livre.

Hoje

Dedica-se essencialmente a percorrer os mais variados destinos de belezas naturais e culturais, sobretudo aqueles junto às montanhas, documentando através de suas lentes paisagens, esportes, costumes e realidades de pessoas e lugares longínquos do Brasil e exterior . As mais variadas histórias apresentam-se por meio de seu diálogo, sua interação com a liberdade do existir – observado e observador confundem-se e o que antes era pressentido se transforma em realização. Colabora com importantes publicações especializadas em ecoturismo, esportes, viagens e cultura. Entre elas estão revistas, guias e livros.